Espanhol Inglês
Blog
11/04/2019

Nota Técnica | Pós-desmame em bovinos de corte: dicas de suplementação

O desmame em bovinos de corte tem por objetivo ofertar alimento diferenciado para o bezerro no período pós-desmame e prepará-lo para o início da recria; além de recuperar a condição corporal da matriz para a próxima estação reprodutiva.

O planejamento do desmame se diferencia pela idade do bezerro no momento do desmame. Desse modo, para a escolha do manejo mais adequado, deve-se observar a condição corporal das matrizes: quanto pior for a sua condição corporal, mais cedo deve-se realizar o desmame e proporcionar condições de manutenção do bezerro até iniciar a recria.

Indica-se a utilização de Creep Feeding para animais desmamados com menos de 120 dias, que gera aumento nos ganhos de peso no período de aleitamento, consequentemente desmamando bezerros mais pesados e adaptados ao cocho para a suplementação pós-desmame.

O tipo de suplementação utilizada no período pós-desmame vai depender do tipo de protocolo de desmame utilizado na propriedade, levando em conta os teores ideais de proteína e energia da ração; Tipo de sistema de alimentação, se esta é fornecida diariamente ou autoconsumo com a utilização de limitador de consumo; O peso dos bezerros (bezerros mais jovens e mais leves exigem níveis de proteína mais elevados); Bem como monitoramento na qualidade e disponibilidade da pastagem, forrageira ou volumoso.

A Puro trato indica para a suplementação pós-desmame os seguintes produtos:

  • Puro Bov Cabanha 18PB.

Indicado para bezerros desmamando em sistema Hiperprecoce, precoce e antecipado com idades entre 30 e 120 dias. Produto peletizado, contém milho pré-cozido e laminado, aveia laminada e melaço líquido, proporcionando alta palatabilidade, digestibilidade e ganho de peso. Além de, auxiliar na rápida adaptação do cocho. Ração pronta para uso, formulada para atingir o máximo crescimento e desempenho produtivo.

http://www.purotrato.com.br/produtos/Puro-Bov-Cabanha-18PB

 

  • Puro Bov Desmame 18PB.

Indicado do para bezerros desmamados com idade entre 90 dias de vida aos 12 meses. Na fase inicial e crescimento. Produto pronto para uso, formulado para atingir o máximo potencial de crescimento, ganho de peso e conversão alimentar. Em sua formulação contém cereais selecionados, vitaminas, minerais, reguladores do pH ruminal e aditivos melhoradores de desempenho. Produto peletizado.

http://www.purotrato.com.br/produtos/Puro-Bov-Desmame-18PB

 

  • Puro Bov Desmame 18PB com N.N.P.

Indicado para bovinos de corte e leite a partir dos 90 dias de vida até 12 meses, com disponibilidade de volumoso. Produto pronto para uso, formulado para atingir o máximo potencial de crescimento, ganho de peso e conversão alimentar. Em sua formulação contém cereais selecionados, vitaminas, minerais, reguladores do pH ruminal e aditivos melhoradores de desempenho. Produto peletizado.

http://www.purotrato.com.br/produtos/Puro-Bov-Desmame-18PB-com-NNP

 

  • Puro Bov 16PB com Limitador ou Puro Bov 18PB com Limitador.

Indicado para bovinos de corte em suplementação a campo com idade superior a 4 meses. Produtos elaborados para facilitar o manejo suplementar, reduzindo mão-de-obra, disponibilidade de cochos e sobre carga ruminal dos bovinos dominantes.
O posicionamento do produto leva em conta fatores fundamentais como: qualidade das forragens, ganho de peso desejado e idade dos animais.

http://www.purotrato.com.br/produtos/Puro-Bov-16PB-com-Limitador

 

Consulte nossa equipe técnica e solicite uma visita a sua propriedade!

14/03/2019

Nota Técnica | Creep Feeding: Maiores ganhos para o bezerro, melhores condições para a matriz

O Creep Feeding, nada mais é do que a utilização de um cocho privativo (Creep), dentro de um cercado, ao qual somente o bezerro (ainda em aleitamento) tem acesso a uma suplementação balanceada, sendo esta composta por ração, sal mineral ou a associação de ambos (Feeding). Geralmente os cochos privativos permanecem próximos aos cochos de alimentação das mães (matrizes), possibilitando o fornecimento da suplementação para ambas as categorias em uma mesma localização.

A utilização da prática de Creep Feeding na propriedade pode proporcionar vários benefícios, os principais objetivos da adoção do sistema são:

  • Aumento na taxa de ganho de peso dos bezerros (as) reduzindo a idade da primeira prenhes ou idade de abate;
  • Produzir lotes de bezerros mais uniformes;
  • Diminuir o estresse pós-desmama;
  • Melhorar a condição corporal das primíparas e vacas magras, de forma que cheguem ao final do período de amamentação em melhores condições.
  • Aumento da taxa de prenhez em vacas e novilhas, auxiliando o terneiro no aprendizado para o desmame precoce;
  • Auxilia no desenvolvimento ósseo e muscular expressando o potencial genético de futuros reprodutores.

                O tipo de suplementação utilizada no sistema de Creep Feeding e os respectivos teores ideais de proteína e energia de uma ração estão relacionados a fatores, que incluem, o tipo de sistema de alimentação: se este é de livre escolha ou com limitação de consumo; o peso dos bezerros: basicamente bezerros mais jovens exigem níveis de proteína mais elevados; o tamanho corporal e a maturidade do grupo genético; e a qualidade e disponibilidade da pastagem, forrageira ou volumoso. Estas informações, em conjunto com o ganho diário dos animais vai definir o tipo de suplemento que será ofertado.

                O bom desempenho animal não vai depender apenas do consumo do suplemento no Creep, outros fatores devem ser levados em conta, como a genética do animal, a qualidade da água, a qualidade das pastagens, a sanidade e o manejo eficiente. A Puro trato indica para a suplementação em Creep Feeding os seguintes produtos:

  • Puro Bov Creep 20PB – Utilizar de 7 até 120 dias de idade.

Indicado para estimular o consumo e ganho de peso na fase inicial de terneiros de corte. Elaborado para sistemas de Creep Feeding ou em desmame onde permita o acesso somente dos terneiros ao cocho. Fornecer a livre acesso em cochos de autoconsumo ou diário em cochos convencionais. Produto peletizado.

 http://www.purotrato.com.br/produtos/Puro-Bov-Creep-20PB

 

  • Puro Milk Inicial 20PB - Utilizar em Creep até 90 dias de idade.

Este produto contém leite em pó, promotores de crescimento, milho, soja pré-cozidos e laminados. Alta palatabilidade e digestibilidade. Contém aditivos probióticos, ionóforos e níveis adequados de vitaminas e minerais. Benefícios: Desmame precoce das terneiros; Melhor desenvolvimento das papilas ruminais; Maior desenvolvimento.

http://www.purotrato.com.br/produtos/Puro-Milk-Inicial-20PB

 

  • Puro Bov Desmame 18PB - Utilizar de 30 a 240 dias de idade.

Produto pronto para uso, formulado para atingir o máximo potencial de crescimento, ganho de peso e conversão alimentar. Em sua formulação contém cereais selecionados, vitaminas, minerais, reguladores do pH ruminal e aditivos melhoradores de desempenho. Produto peletizado.

http://www.purotrato.com.br/produtos/Puro-Bov-Desmame-18PB

 

Consulte nossa equipe técnica e solicite uma visita a sua propriedade!

12/09/2018

Puro Trato é destaque na 41ª Expointer

         Durante os dias 25 de agosto à 02 de setembro, realizou-se a 41ª Expointer, considerada a maior feira a céu aberto da América Latina. A feira ocorre em Esteio-RS, reúne o melhor da agropecuária brasileira e tem destaque nacional e internacional.

         A Puro Trato Nutrição Animal, participou pela 12ª vez ativamente da feira, onde proporcionou infraestrutura correta e ambiente agradável para recepcionar seus clientes e parceiros.

         A grande ênfase e que denota imenso orgulho é de que muitos clientes atendidos pela nutrição da Puro Trato consagraram-se campeões e/ou obtiveram excelentes colocações nas exposições e competições morfológicas e funcionais durante a feira.

         Um dos grandes clientes, de Humaitá-RS, Cabanha Santa Clara, foi destaque, recebendo muitos prêmios. A Cabanha Santa Clara levou para casa os títulos de Reservada Grande Campeã e Grande Campeã Vaca Jovem da raça Holandesa, e dois prêmios na raça Jersey, a Campeã e a Terceira colocada.

Pode-se citar também outros grandes clientes campeões, como Cabanha da Divisa de Cruz Alta-RS (ovinos), Centro de Treinamento e Preparo Morfológico Josi Sanchez e Paulo Saragozza de Santa Maria-RS (equinos), Cabanha Vacacaí de São Gabriel-RS (bovinos de corte), Cabanha Touro Passo de Uruguaiana-RS (bovinos de corte), entre outros.

         Durante a feira, também foi realizado o lançamento da nova unidade industrial Puro Trato para produção de suplementos minerais e vitamínicos.

         A Expointer é considerada muito positiva para a Puro Trato. Além de estreitar relacionamentos com os clientes e parceiros e aproveitar o momento para prospectar, é sempre um enorme prazer acompanhar os julgamentos finais de clientes e comemorar vitórias.

         Sabe-se que para obter resultados, é extremamente necessário o cuidado, o manejo correto, e uma série de atributos que tornam o animal exemplar para cada categoria. Porém, a nutrição é imprescindível para que se obtenham esses resultados. Bovinos de corte, bovinos de leite, equinos de diversas raças, ovinos, e muitas outras categorias de animais, exaltaram a marca Puro Trato como referência em nutrição animal, e que se consolida e cresce cada vez mais, através da comprovação de resultados que fazem a diferença.

07/07/2018

Reunião de Trabalho Puro Trato

A equipe comercial de rações para animais de grande porte Puro Trato reuniu-se na última sexta-feira, 13/07/2018, para a Reunião Trimestral de Trabalho. Foram debatidos assuntos técnicos relacionados à ruminates, e posteriormente, os profissionais técnicos de vendas receberam palestra da profissional Erica Ferri, da Alltech do Brasil.

Na semana anterior, a equipe comercial Puro Trato Pet Food também se reuniu. Com novidades na linha de produtos, a equipe pode reforçar informações, compartilhar experiências e abordar metas e estratégias para o próximo trimestre. As reuniões dos departamentos comerciais da empresa ocorrem trimestralmente, pois a qualificação profissional é extremamente importante para o serviço técnico especializado e para a entrega de produtos com a qualidade Puro Trato.

Além dos conhecimentos adquiridos, o encontro entre colegas sempre é muito estimulante!

Preparação, motivação e comprometimento - são detalhes que fazem a diferença! 

13/12/2017

Sal Mineral deve ser dado aos bovinos o ano todo

Fonte: Embrapa

Produtor já sabe, mas é sempre bom relembrar de que a correta mineralização do rebanho garante uma boa produção de carne e leite e evita queda de produtividade. Como os pastos não suprem todas as necessidades minerais dos animais é importante fazer a suplementação de forma correta utilizando uma mistura com todos os macro e micro elementos no concentrado.

Os macrominerais mais importantes são: Cálcio (Ca), Fósforo (P), Magnésio (Mg), Enxofre (S), Sódio (Na), Cloro (Cl) e Potássio (K) e os microminerais: Ferro (Fe), Zinco (Zn), Cobre (Cu), Iodo (I), Manganês (Mn), Flúor (F), Molibdênio (Mo), Cobalto (Co), Selênio (Se), Cromo (Cr), Níquel (Ni), Vanádio (V) e Silício (Si). Normalmente esses elementos fazem parte da mistura mineral disponível no comércio, mas é importante comprar o produto de empresas idôneas e, em caso de dúvida, coletar amostra do produto e enviar para análise.

As necessidades de sal mineral variam de acordo com o estado do animal e o peso. De forma geral pode-se dizer que o consumo diário deve ser entre 80 a 100 gramas. É bom lembrar que sem uma correta mineralização o animal não desenvolverá todo seu potencial, portanto é recomendável a avaliação de um especialista para indicar a melhor mistura para o rebanho.

Há muitos mitos em torno do assunto que vale a pena comentar, como por exemplo, o de que sal mineral é tudo igual.  Para o pesquisador da Embrapa Sérgio Raposo o que diferencia um sal mineral de outro é a formulação. \"Um produto mal formulado, isto é, com níveis de garantia furados e consumo mal planejado, não será eficaz\". Outra questão, ainda muito mais comprometedora, é que existem inúmeras armadilhas no mercado em termos de matéria-prima, conta o pesquisador. \"Ainda que algumas delas possam ser evitadas com uma análise de laboratório, outras podem ter um laudo perfeito, mas o nutriente não ser assimilável\". Outros diferenciais, segundo Sérgio, são: qualidade da mistura, fontes mais nobres de matéria-prima, tipo de apresentação (granulado, floculado), resistência ao empedramento e algo que tem feito muita diferença: apoio técnico da empresa ao produtor.

Outra conversa comum é de que o mineral que importa no sal é o fósforo. Segundo o pesquisador, o fósforo não é o único mineral que o produtor deve se preocupar. Levantamentos feitos pela Embrapa Gado de Corte apontam que as forrageiras têm valor baixo de sódio (< 0,1% da matéria seca), predispondo deficiência. O fósforo ficou em quarto lugar na pesquisa, com 72% das amostras abaixo de 0,12% da matéria seca, além de outros. Como todos podem limitar a produção o criador deve se preocupar com vários minerais além de que estejam balanceados, sem grandes excessos que possam predispor a problemas de absorção. \"Um mineral em excesso prejudica a absorção de outro\", esclarece o especialista.

É também comum se ouvir dizer que é bobagem gastar com sal mineral e que algum amigo parou de mineralizar e não notou diferença nenhuma. Sérgio diz que esse é um mito para o qual basta o tempo derrubar. O uso da técnica de suplementação mineral permite o aproveitamento de todo potencial produtivo da forragem, diz Sérgio e \"ter esse conceito correto na ponta da língua ajuda a deixar o sal na ponta da língua dos animais e o azul mais vivo na conta da fazenda\".

O uso de minerais na seca

A lógica é que a exigência dos minerais para manter ou perder peso na seca é tão baixa que o pouco que tem na pastagem já resolve. O conceito importante é o seguinte: Quanto maior a produção, maior a necessidade de nutrientes, inclusive de minerais. Por isso que a época que mais se deve preocupar com a suplementação de minerais é nas águas. Na seca, também devemos, mas usando sal com ureia e proteinado, resolvendo primeiro o fator mais limitante, explica Sérgio Raposo. \"O que acontece na seca é que não adianta fornecer apenas os minerais, pois o nutriente mais limitante é a proteína\".

Dicas e cuidados com os cochos

Uma dica é usar um bom sal mineral. Caso o criador prefira misturar o sal na própria fazenda, convém consultar um técnico para fazer o balanceamento da mistura que deve ser de acordo com as exigências nutricionais dos animais. Outra dica é com relação aos cochos onde se coloca o sal mineral. O ideal é que eles sejam cobertos, que fiquem bem localizados e que não fiquem ilhados por acúmulo de água. Todavia, o pior cenário não é ter o sal mineral molhado pela chuva, mas a falta de espaço linear mínimo de cocho. O melhor é oferecer no mínimo seis centímetros lineares de cocho para cada unidade animal atendida por esse cocho – ensina Sérgio. Entre ter o sal preservado da chuva e dar acesso ao sal a todos os animais, mesmo que molhado, o produtor deve dar preferência à segunda opção, recomenda o pesquisador. \"Ainda assim, ao usar cochos não cobertos, é aconselhável ter um monitoramento e abastecimento mais intensivo, uma vez que a umidade ajuda a empedrar o sal, o que prejudica seu consumo\".

     A Puro Trato oferece uma linha completa de suplementos minerais para equinos, bovinos de corte, bovinos de leite e ovinos com alta biodisponibilidade, especialmente formulados para atender as diferentes etapas de criação, melhorando a produtividade dos animais.

     A suplementação mineral tem custo/benefício altamente positivo; Portanto, investir na correta mineralização através da linha de suplementos Puro Trato é ter a certeza de criar animais saudáveis e produtivos, garantindo maior rentabilidade.

 

13/12/2017

Puro Trato recebe visita da Cotripal

No dia 17/11, a Puro Trato recebeu a ilustre visita de 18 integrantes da Cotripal. Provenientes de Condor, Pejuçara, Ijuí, Panambi e Santa Bárbara do Sul, o grupo visitou as indústrias, compartilhou conhecimentos e confraternizou juntamente aos colaboradores da empresa.

Em um momento de descontração, o grupo finalizou o dia com uma partida de futsal com o time da Puro Trato. Foi um dia diferente, com a programação voltada aos visitantes.

A Puro Trato está sempre de portas abertas para clientes e parceiros que tenham interesse em conhecer as indústrias. Relacionamento este que faz a diferença, onde os clientes podem conferir na prática como o processo de produção e o rígido controle de qualidade ocorrem, garantindo resultados satisfatórios aos clientes.

JA Teixeira Veterinária Ltda. Matriz: Av. Angelo Santi, 1615. Santo Augusto, RS. Tel.: (55) 3781-3467 / 3781-3476
Indústria Pet Food. Rua Alberto Sperotto, 65. Distrito Industrial - Santo Augusto, RS. tel.: (55) 3781-4366 / 3781-3329